O Brasil vai sediar o VII Encontro Latino Americano de Naturismo
Publicado por Os Naturistas

O Brasil vai sediar o VII Encontro Latino Americano de Naturismo

Como todos os anos nas primeiras datas do ano, realiza-se o Encontro Latino Americano de Naturismo. Em 2016 foi realizada no México, onde teve um incrível sucesso e repercussão.

ELAN1

Uma vez que o discurso da abertura oficial pelo presidente da Federação Naturista Mexicana, Juan Castañeda e o Secretário, Gerardo Cisneros, com a presença de autoridades locais e representantes de diferentes países latino-americanos, iniciaram as dissertações.

A primeira palestra foi ministrada pela professora naturopata, Carolina Miramontes, especialista em  “Marketing e Naturismo”, que enfatizou a importância de desenvolver o naturismo para o  mercado consumidor através de marketing eficiente para a boa imagem do movimento, A  noite foi apresentada uma dança  de balé folclórico típica da província de Oaxaca, da cultura colonial, culminando em uma festa de confraternização com danças mexicanas típicas dos eventos atuais.

A associação naturista argentina, APANNA, apresentou uma exposição referente ao Naturismo como uma forma de fraternidade mundial, um modo de vida, uma forma de ser, uma experiência e uma linguagem comum como o latino na antiguidade, que tem o efeito de unir os habitantes do nosso planeta e permitir a comunicação universal. É essa linguagem sem palavras que permite compartilhar valores comuns, além de nacionalidade, etnia, religião, idéias políticas, com a única condição de que existe comunhão com os valores mais importantes em que estabelecemos a nossa existência. Para este propósito, propôs às associações nudistas o compromisso de não esquecer este aspecto espiritual e humanista do Naturismo, não limitando nossos objetivos à apenas à organização de reuniões ou atividades nudistas.

A Associação Naturista do Equador, ANUDEC, por sua vez, enviou um texto que descreve os problemas do desenvolvimento do naturismo no país por  falta de compromisso e empenho dos seus lideres para a propagação deste estilo de vida . Existe um projeto para criar um espaço naturista na Ilha dos Galápagos, promovendo o turismo naturista com pessoas da ilha, que é de uma natureza exuberante com belos espaços adequados para o naturismo.

ELAN4

O então vice – presidente da FBRN -Federação Brasileira do Naturismo, o Sr. Pedro Ribeiro explicou o propósito dessas reuniões e a necessidade de apoio de todos os países latino-americanos para a formação da Federação Latino-Americana de Naturismo. Após uma troca de ideias, concluiu-se que é necessário amadurecer esse tópico quando países mais representativos estiverem presentes.

Em seguida, as questões dos membros da assembléia presentes sobre trabalho da FBrN e do INF / FNI foram respondidas por Pedro Ribeiro e Alex Souza, coordenador de assuntos internacionais da Federação Brasileira do Naturismo.

Enquanto isso, Ulises Velazquez, membro do Conselho da Federação Mexicana, falou sobre “Nudismo no México”, sublinhando que o movimento nudista no México, foi desencadeado pelo surgimento das redes sociais criando  comunidades virtuais; entre eles, yahoo (criado em 1998). Desde o ano de 2001, o fórum virtual NUDMEX tornou-se o ponto de referência para todas as atividades relacionadas à nudez social e familiar, que deram lugar à uma infinidade de grupos naturistas com objetivos semelhantes e de acordo com a INF – Federação Internacional de Naturismo.

Posteriormente  estes movimentos virtuais foram confirmados por fenômenos sociais que envolvem nudez em espaços públicos, como o movimento camponês 400 pessoas, a World Naked Bike (Pedalada Pelada) e a instalação fotográfica na Cidade do México pelo artista americano Spencer Tunick, entre outros eventos.

O VII Encontro Latino Americano de Naturismo  2.018, será realizado junto com o XII – Encontro Brasileiro de Naturismo  no Planat – Clube Naturista do Planalto Central  á 120 kilometros de Brasilia – DF – Brasil.

Via Naturismo en Libertad, editora N

Equipe OS NATURISTAS