Conheça as melhores praias de nudismo do mundo eleitas pela Forbes
Publicado por Os Naturistas

Conheça as melhores praias de nudismo do mundo eleitas pela Forbes

A temporada de verão está chegando. Mas, em vez de mergulhar com seus calções de banho e biquínis, por que não dar o corajoso passo de ir au naturel em uma das muitas praias de nudismo disponíveis pelo mundo todo?

Embora possa ser intimidante e fazer com que você fique imaginando onde colocar sua carteira, uma vez que seus nervos se acalmam, também pode ser o sentimento mais libertador. Além disso, ninguém gosta de marcas de roupas de banho, certo?

Sendo assim, conheça agora oito das melhores praias de nudismo do mundo.

Praia do Pinho –  Balneário Camboriú, Brasil

A primeira praia naturista oficial do Brasil, esta praia restringe a entrada de homens desacompanhados  (a menos que você seja um membro da INF -Federação Naturista Internacional), um esforço para dar mais tranquilidade as mulheres e familias. Localizada a 50 quilômetros ao norte da capital do estado, Florianópolis, sua calma atmosfera zen, atrai moradores e turistas de volta às suas areias regularmente e fica lotada nos meses de verão. Você pode alugar espreguiçadeiras e guarda-sóis para se proteger do calor excessivo em dias mais quentes e também possui um aconchegante hotel e área para camping nas proximidades. E-mails: reservas@praiadopinho.com.br | info@praiadopinho.com.br | Fone 👉 +55 47 3169.1164

Praia de Haulover –  Miami, Flórida

‘Roupas opcionais’ é o lema para esse trecho de meia milha de areia de Miami, onde o bronzeado é o mais bonito de todos. Sendo uma pequena parte do enorme Haulover Beach Park, a área de nudismo possui milhares de visitantes nus em suas praias ensolaradas todos os dias, por isso é um ótimo lugar para os iniciantes se misturarem ao anonimato entre os moradores e turistas. Escondido entre o Oceano Atlântico e a Hidrovia Intercoastal, tem todas as facilidades que você precisa: está próximo a hotéis locais e até oferece um guia de primeira vez para uma etiqueta naturista adequada.

Paradise Beach –  Mykonos, Grécia

Paradise, que também poderia ser chamada de “para os foliões”, esta faixa de areia da ilha grega permanece tão animada quando o sol se põe como quando está brilhando. Dois bares  mantêm as bebidas fluindo desde o amanhecer até o amanhecer do dia seguinte, incluindo o famoso Tropicana, onde baldes de champanhe e roupas de banho mal-feitas são a ordem do dia (e da noite). Não há muita sombra, mas a areia é dourada e as águas azuis, e há um acampamento próximo, caso você precise fugir da diversão por algum tempo para se recuperar. Paradise é perfeita para quem gosta de mexer dançar na pista ao som de vários DJs. Ah! E o local e também é conhecido como um dos destinos favoritos dos gays.

Black Beach – San Diego, Califórnia

Black Beach é famosa por duas razões – surf e nudez. E alguns poucos visitantes gostam de combinar os dois. Com acesso um pouco difícil, Black Beach fica abaixo dos penhascos de Torrey Pines e apenas fora do enorme Scripps Canyon subaquático, mas ainda assim recebe cerca de mil visitantes diariamente para suas duas milhas de areia e surf. A seção de nudismo é isolada e os visitantes são encorajados a respeitar os limites, já que tecnicamente é ilegal estar nu em praias da Califórnia, mas a lei não é aplicada nas partes nuas da Black. Se você pode enfrentar a subida de 300 pés e o estranho peeper nos penhascos acima, é uma bela praia para descobrir tudo – literalmente.

Plage de Tahiti –  St Tropez, França

Se você não tem certeza sobre como ficar chique mesmo que sem roupas, há apenas um lugar para ir – Plage de Tahiti, ao sul da glamourosa St Tropez. Um ícone na cena de praias naturistas, é onde Brigitte Bardot estrelou o clássico de 1956 Et Dieu … Créa La Femme (E Deus criou a mulher) e assim deixou corações apaixonados ao redor do mundo. E como as praias de nudismo se tornaram mais populares nos anos 60, a Plage de Tahiti tornou-se um ponto focal para o empoderamento feminino e um ponto de contato para o impasse entre a polícia e os nudistas. Este último ganhou. Pode ter perdido um pouco do brilho do auge nos tempos mais recentes, mas ainda é o local escolhido por celebridades e estrelas do rock para despir tudo.

Playa de Benalnatura –  Benalmádena, Espanha

Enquanto muitas praias de nudismo as roupas são opcionais, aqui seus frequentadores tem duas escolhas: fique nu ou pegue a estrada de volta (o que pode ser um grande apelo para os naturistas que não se sentem confortáveis ​​misturando-se com banhistas totalmente vestidos). Pequena, esquecida do penhasco por curiosos transeuntes e uma mistura de pedra e areia, a Benalnatura pode não parecer muito atraente, mas quando o sol se põe, ela fica ocupada desde cedo e fica assim até tarde. Em grande parte, graças ao bar, servindo bebidas geladas e paellas quentes para patronos famintos – e nus.

Wreck Beach –  Vancouver, Canadá

Cinco quilômetros de praias a apenas 15 minutos do centro de Vancouver, Wreck Beach pode estar mais sujeita ao clima do que muitos nesta lista, mas isso não afeta sua popularidade. Situado no extremo oeste de Vancouver e acessível por uma trilha bastante longa e arborizada, sua selvageria não vem apenas de sua beleza natural, mas também de sua vibe hippie. Os vendedores vendem seus produtos em enormes refrigeradores, geralmente usando pouco mais do que uma pochete, e o cheiro de maconha costuma pairar no ar. A maior e mais antiga praia de nudismo da América do Norte, também recebe eventos nus como o recorde mundial de mergulho e a corrida anual de Bare Buns.

Point Tarare –  Guadalupe

Há duas maneiras de se aproximar de uma praia naturista: junte-se as massas e se misture com o anonimato dos nudistas ou procure por algo raro, tipo uma reclusão completa e torça para que você não seja incomodado. Há cerca de 45 minutos de distância de Gosier em Guadalupe, Point Tarare oferece a última opção, mas você precisa ir preparado como esse isolamento significa não muito na forma de serviços e amenidades, uma vez que você está lá. Sem banheiros, sem sombra, sem vendedores de bebidas refrescantes – em vez disso, um trecho de areia branca e cristalina, águas azuis caribenhas luminosas e o melhor de tudo, pouco mais que aves marinhas para compartilhar sua nudez. Só não esqueça a loção bronzeadora.

Via Revista Forbes, editora N

Equipe OS NATURISTAS