Jean-Luc Bouland, 30 anos de jornalismo naturista
Publicado por Os Naturistas

Jean-Luc Bouland, 30 anos de jornalismo naturista

Mostre o naturismo! Este é o tema do arquivo da Revista Naturisme nº 66 (junho / julho de 2020), que apresenta cerca de dez autores que ilustram regularmente o naturismo: naturistas ativistas, parceiros e colaboradores da revista.

Depois de Youenn , Emmanuel Thomas , Laurent Marois , Charles Frederick (criador Naturism-TV ) e t Joëlle Billat , termina com Jean-Luc Bouland, membro fundador da Naturism Magazine e criador do Naturism Hebdo .

Criativo desde tenra idade, escolhi escrever, obtive um bacharelado em literatura aos 18 anos e um BTS em Relações Públicas de Publicidade 2 anos depois.

This slideshow requires JavaScript.

Entrei para a imprensa local e regional em 1981, onde ocupei cargos de responsabilidade até 1996 (editor-chefe, repórter sênior), em 1990 comecei a fazer reportagens para a imprensa naturista (Vivre nu, etc.) , e passará a ser redator-chefe da Vie au Soleil (1999/2009), participando em 2003 da criação da Imaginat , depois, em 2009, das da Naturisme-TV e especialmente da revista Naturisme , da qual ainda sou responsável escrevendo.

Membro da associação de jornalistas de turismo em 2003, exercerei o mandato de presidente de 2015 a 2017. Desde 2013, também voltei às informações “tradicionais”, colaborando no site de informações regionais Magcentre .

Em 1997 publiquei com as Edições Encre uma obra intitulada “ Tout en nu de A à Z ”, dedicada à prática do nu integral, e em 2018 criei o site www.naturisme-hebdo.fr .

Fotografia

O repórter deve ser completo, e também saber fotografar, para transcrever corretamente o que viu. Mas pode ir muito mais longe. Em 1989, então jornalista e fotógrafo na Ile de France, associei-me pela primeira vez a um clube de fotografia e a uma Sociedade de Belas Artes, onde fui apresentado à prática do estúdio. Uma revelação: além dos planos “realistas” das notícias, posso usar minha mente criativa.

Auto-retrato

As primeiras obras interessantes surgirão em 1991, e permitirão algum tempo depois a obtenção de prémios em vários salões colectivos, bem como a realização de exposições pessoais. Atividades que venho desenvolvendo desde meu retorno a Orléanais em 1996, com especial interesse em fotografia de estúdio, em composições (naturezas mortas), ou oferecendo oficinas de “terapia pela fotografia”.

A fotografia é agora para mim um meio de expressão e comunicação por direito próprio, para descobrir o mundo e as suas belezas, reais ou imaginárias. Meu trabalho artístico pode ser visto no meu site pessoal .

Contato: Jean-Luc Bouland, Tel: 02.38.61.71.51 – 06.79.04.37.39 – Correio: jean-luc.bouland@orange.fr .

Licença de atribuição Creative Commons

Via Nat Hebdo, editora N

Equipe OS NATURISTAS

Quer ler mais artigos como este?, faça sua assinatura, clicando aqui,  e tenha acesso a todo conteúdo exclusivo, pague com sua conta do PayPal ou PagSeguro