Médicos alemães se despem para denunciar a falta de equipamentos contra a Covid
Publicado por Os Naturistas

Médicos alemães se despem para denunciar a falta de equipamentos contra a Covid

“Quando acabamos o pouco que temos, nos vemos assim”, protestam

Fartos de trabalhar sem meios adequados para combater o coronavírus , vários médicos alemães colocaram o nu como uma forma de protesto . Esta ação, sob o lema ‘ Blanke Bedeken ‘, é a maneira de atrair atenção. Profissionais de todo o país se posicionaram para denunciar a falta de equipamento de proteção individual (EPI) na assistência geral e os perigos de contágio que isso implica.

“Nós somos seus médicos. Para tratá-lo com segurança, precisamos de equipamentos seguros para nos proteger .” “Quando ficamos sem o pouco que temos, ficamos assim.” “A nudez deve simbolizar que somos vulneráveis ​​sem proteção”. “Queremos e devemos continuar a cuidar bem de nossos pacientes, especialmente aqueles que não podem fazê-lo sem exame pessoal de nossos médicos”. “A pandemia está longe de terminar no início de maio”, escrevem eles na web onde as fotos foram postadas .

Este slideshow necessita de JavaScript.

Inspirado pelo médico francês Alain Colombié

Essa iniciativa, inspirada em Alain Colombié, médico francês fotografado usando apenas uma pulseira na qual era possível ler “forragem de canhão” , é acompanhado por um pedido de mais apoio do governo alemão para adquirir material e solicitar medidas que promova sua segurança.

Nesse sentido, até 4 de maio, os médicos podiam assinar licenças médicas por sintomas de resfriado por telefone. Médicos em ‘ Blanke Bedeken’ acreditam que o prazo deve ser prolongado.

Licença de atribuição Creative Commons

Via elPeriódico, editora N

Equipe OS NATURISTAS

Quer ler mais artigos como este?, faça sua assinatura, clicando aqui,  e tenha acesso a todo conteúdo exclusivo, pague com sua conta do PayPal ou PagSeguro