Meditação Kundalini: 4 benefícios principais e como praticá-la
Publicado por Os Naturistas

Meditação Kundalini: 4 benefícios principais e como praticá-la

Como exatamente a meditação Kundalini é mais do que religião ou mero conjunto de crenças? Sonia Vadlamani explica como essa técnica de energização pode oferecer um maior senso de consciência e propósito.

Em algum momento de nossas vidas, muitos de nós percebemos como passamos a maior parte de nossos dias em um ‘modo padrão’, conforme continuamos reagindo aos estímulos no ambiente ao nosso redor com uma sensação mínima de controle sobre os vários eventos do dia .

Por exemplo, você deve ter notado quantas vezes você prepara seu almoço distraidamente ou faz seu trabalho de uma forma automatizada – tudo sem prestar muita atenção – ainda se sente esgotado no final do dia.

A meditação pode provar ser uma chave eficaz para aumentar nossa consciência. E a meditação Kundalini poderia ser uma forma mais intencional de liberar o potencial interno e melhorar o foco. Na verdade, os praticantes da meditação Kundalini acreditam que todo ser humano tem energia vital ou prana presente em seu interior, que pode ser despertado com paciência e prática dedicada.

O que é meditação Kundalini?

Embora a origem exata da meditação Kundalini não seja conhecida, sua prática remonta a 500 AC. O hinduísmo acredita que o Kundalini é uma vasta piscina de energia visualizada na forma de uma serpente enrolada ou adormecida, repousando na base da coluna vertebral, que também é o chacra raiz ou muladhara.

A meditação Kundalini foi introduzida no mundo ocidental por Yogi Bhajan em 1968, que imaginou uma nova forma de espiritualidade que conectava o conhecimento antigo com o estilo de vida da era moderna.

Objetivo da meditação Kundalini

A filosofia central da meditação Kundalini é facilitar o movimento da energia através do corpo. A reserva de energia “enrolada” ou estática geralmente se refere ao potencial não realizado que está inerentemente presente em cada ser humano.

Uma parte fundamental do Kundalini Yoga, a meditação Kundalini visa aproveitar esta grande reserva de energia não utilizada na base da coluna. Ele funciona permitindo o movimento da energia através dos sete chakras – começando do chakra da base na parte inferior da coluna vertebral – passando pelas diferentes partes do corpo – até o chakra da coroa situado no topo da cabeça, de onde eventualmente sai do corpo.

“A meditação Kundalini pode ser uma forma mais intencional de liberar o potencial interior e melhorar o foco.”

Este movimento da energia vital simboliza o despertar de Kundalini, resultando em um estado de consciência expandido e equilíbrio mente-corpo-alma melhorado. A meditação Kundalini também reduz os níveis de estresse e permite que a pessoa aja de maneira focada e proposital, em vez de levar a vida no modo de automação.

Benefícios da meditação Kundalini

A pesquisa sobre a meditação Kundalini ainda está em estágios prematuros, mas pesquisadores e psicólogos começaram a reconhecer seus benefícios potenciais quando praticada regularmente ao lado de outros elementos integrantes da yoga kundalini. Alguns dos benefícios da meditação Kundalini com base na ciência incluem:

1. Níveis de estresse reduzidos

Kundalini yoga pode reduzir a produção de níveis de cortisol com a prática consistente, como mostrado em um estudo de 2017 por Jocelyn N García-Sesnich, et al. Treze participantes que praticavam a meditação Kundalini junto com outros componentes da ioga Kundalini regularmente por um período de três meses exibiram uma redução significativa nos níveis de estresse e ansiedade .

2. Melhor sensação de bem-estar

Um estudo realizado por Suresh Arumugam mostrou impacto positivo na sensação psicológica de bem-estar e melhora no poder da memória, incentivando uma abordagem mais holística em relação à saúde dos participantes.

3. Redução dos níveis de ansiedade

Um estudo de oito semanas realizado por MG Gabriel et al mostrou níveis reduzidos de ansiedade e redução significativa nos sintomas de depressão com a prática regular de kundalini ioga, oferecendo resultados promissores para o tratamento de condições como o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG).

4. Melhor funcionamento cognitivo e emocional

Os pesquisadores Harris A. Eyre et al tentaram estudar o efeito de uma intervenção de kundalini yoga de 12 semanas no comprometimento cognitivo leve com o declínio da idade. Os indivíduos exibiram melhores níveis de memória , juntamente com um declínio significativo nos níveis de apatia e sintomas depressivos.

Como praticar a meditação Kundalini

Os praticantes da meditação Kundalini concordam que os melhores resultados são alcançados começando aos poucos e prosseguindo gradualmente em um ritmo sustentado, mesmo que tudo que você possa dedicar a isso sejam alguns minutos diários.

Veja como começar:

1. Fique confortável

Escolha um lugar tranquilo onde seja menos provável que se distraia ou seja perturbado. Para melhores resultados, é ideal meditar no mesmo local todos os dias. Recomenda-se o uso  de roupas de algodão em tons neutros, confortáveis ​​e folgados, ou você pode praticar sem roupas.

2. Escolha um horário conveniente

Embora não existam regras rígidas e rápidas sobre quando meditar, seria melhor praticá-lo no mesmo horário todos os dias de forma consistente, sem interrupções. As meditações matinais funcionam muito bem para estabelecer boas intenções para o dia seguinte, enquanto a meditação noturna é boa para relaxar. A meditação logo após uma refeição não é recomendada, pois seu corpo precisa de toda a energia neste momento para a digestão.

3. Escolha um período de meditação

Novamente, não há uma duração ideal definida aqui, cabe a você decidir. Em qualquer lugar entre cinco minutos a uma hora de prática. Começar com menos e aumentar gradualmente a duração ajudará você a se concentrar melhor, ao mesmo tempo em que adapta a prática à sua programação com facilidade.

4. Fique em uma posição confortável

Você pode sentar-se em posição de lótus ou com as pernas cruzadas em um tapete ou no chão, ou em uma cadeira de encosto reto com os pés apoiados no chão. É importante manter a coluna na posição vertical durante toda a meditação. Feche os olhos suavemente e pressione as palmas das mãos sobre o coração em pose de oração.

5. Apresente um mantra

Cantar um mantra pode ajudá-lo a direcionar sua energia e a se concentrar melhor enquanto medita. Um bija ou mantra semente comumente escolhido para esta meditação é “Sat Nam”, que se traduz como “Eu sou a verdade”. Cante “Sat” ao inspirar e “Nam” ao expirar. Este ou qualquer outro mantra de sua preferência pessoal pode ser entoado em voz alta ou silenciosamente em sua cabeça.

6. Concentre-se no movimento da respiração

Energize suas respirações enquanto entoa o mantra escolhido. Comece com uma inspiração lenta e prolongada até sentir os pulmões cheios, depois expire lentamente até sentir que os pulmões estão completamente vazios. Idealmente, a inspiração e a expiração devem ser divididas em quatro partes com breves pausas.

“A filosofia central da meditação Kundalini é facilitar o movimento da energia através do corpo.”

Repita o ciclo. Observe como sua respiração se move pelo corpo. Se sua mente começar a divagar, volte sua atenção para o padrão de respiração e os cânticos.

7. Conclua a meditação

Defina um alarme para uma duração predeterminada de meditação e continue o ciclo de respiração e canto até o alarme tocar. Termine inspirando profundamente ao levantar os braços e relaxando ao expirar.

8. Aumente a frequência gradualmente

À medida que você aumenta gradualmente a duração da meditação e pratica de forma mais consistente, observe a energia subindo da base da coluna, subindo ao longo de sua coluna e externamente pelo topo de sua cabeça.

A lição: meditação Kundalini

Realizar seu potencial máximo com a meditação Kundalini pode ser uma jornada gratificante. A prática regular pode permitir que você aja a partir de um propósito e intenção, ao invés de reagir aos seus pensamentos e estímulos externos. Ele também pode provocar um estado de plena consciência , quebrando padrões automatizados inúteis em sua vida, abrindo caminho para buscas criativas e uma existência mais alegre.

Licença de atribuição Creative Commons

Via Happiness, editora N

Equipe OS NATURISTAS

Quer ler mais artigos como este?, faça sua assinatura, clicando aqui,  e tenha acesso a todo conteúdo exclusivo, pague com sua conta do PayPal ou PagSeguro