Macumba Antropófaga
Publicado por Os Naturistas

Macumba Antropófaga

O espetáculo enaltece um dos movimentos do modernismo brasileiro, a antropofagia, que fundou uma nova concepção de identidade cultural.

5

A ideia era que a apreensão da cultura externa fosse reconsiderada, não imitada pela cultura brasileira. Oswald propôs uma verdadeira “devoração” cultural para reelaboração com autonomia para os artistas brasileiros.

A mistura de conceitos incorpora a proposta de antropofagia da peça, evocando personagens do passado e do presente em uma narrativa permeada de devaneios e rituais. Ao enredo soma-se a batucada e o despojamento praticamente completo de acessórios e figurino dos atores.

A Associação Teatro Oficina Uzyna Uzona, conhecida por Teatro Oficina, é a responsável pela encenação de “Macumba Antropófaga”. Um dos fundadores, o estudante de Direito José Celso Corrêa, conhecido por Zé Celso, é o diretor do espetáculo

 

Os atores do Teatro Oficina Uzyna Uzona apresentam a montagem, que traz referências do Manifesto Antropofágico, de Oswald de Andrade, e mistura elementos de dança, música e artes plásticas.

Personagens como Tarsila do Amaral, dom Pedro I, Napoleão Bonaparte e até o fictício Macunaíma ganham a cena no espetáculo que tem início no próprio teatro e percorre algumas ruas do Bixiga.

Por Celso Costa, editora N

Equipe OS NATURISTAS