Os rituais com nudez na noite de halloween
Publicado por Os Naturistas

Os rituais com nudez na noite de halloween

O Halloween combina com doces, aboboras e porque não combinar com tudo à mostra?

Representação artística de uma bruxa nua

Os costumes de Halloween observados em 31 de outubro tiveram seu início há muito, muito tempo.

Eles vieram das crenças dos druidas – sacerdotes da antiga Gália e da Grã-Bretanha. Os druidas acreditavam que bruxas, demônios e espíritos dos mortos vagavam pela terra na véspera de 1º de novembro. Fogueiras eram acesas para afastar os maus espíritos.

Para se protegerem ainda mais dos truques maldosos dos espíritos maus, os druidas ofereceram-lhes coisas boas para comer. Eles também se disfarçaram. Dessa forma, os espíritos pensariam que os druidas pertenciam a sua própria companhia maligna. Certamente os espíritos não prejudicariam os membros de seu próprio grupo! Ou assim pensaram os druidas. Assim, celebramos o Halloween jogando “travessuras ou gostosuras”, vestindo fantasias e usando máscaras.

Folhas de outono, talos de milho, maçãs e nozes são uma grande parte da temporada de Halloween. E são lembretes do festival de outono dos druidas em homenagem à colheita.

Muito mais tarde, a Igreja Católica Romana reservou o primeiro dia de novembro para homenagear todos os santos que não tinham dias especiais próprios. Os santos eram conhecidos como santificados ou santos. Seu dia especial era conhecido como Dia de Todos os Santos ou Dia de Todas as Relíquias. A noite anterior se chamava All Hallows ‘Even. All Hallows ‘Even foi encurtado para Halloween.

Dia das Bruxas, uma data tão marcada por filmes, crenças e costumes que acaba por ser lembrada apenas como mais uma oportunidade de fazer uma festa à fantasia. Porém, não é um dia que surgiu simplesmente para se divertir, a cultura que deu origem ao Halloween remonta aos tempos mais antigos e a culturas ancestrais

“Bruxos chamam essa data pelo nome celta Samhain, que significa ‘o fim de um ciclo’. É quando celebramos os ancestrais e, ao mesmo tempo, nosso ano novo litúrgico.

A nudez ritual, também conhecida em inglês como skyclad (“vestido de céu”), é uma prática própria da Wicca e de grupos pagãos e neopagãos. Alguns grupos wiccanos, ou tradições, realizam a maioria ou todos os seus rituais com nudez. Enquanto a nudez e a prática de bruxaria têm sido associadas nas artes visuais, esta nudez ritual contemporânea é tipicamente atribuída tanto para a influência de Gerald Gardner ou para uma passagem de Aradia, ou o Evangelho das Bruxas, e como tal é atribuída principalmente aos covens gardnerianos e aradianos.

Witchcraft Today de Gardner foi publicado em 1954. O livro afirmava um relatório sobre a prática contemporânea de bruxaria religiosa pagã na Inglaterra, qual supostamente havia sobrevivido como uma religião subterrânea por séculos.

A nudez ritual foi incluída como uma parte regular da prática wiccana, mas nos dias modernos é principalmente usada pelos wiccanos alexandrinos, georginos, e Blue Star. A “Carga da Deusa”, uma parte da liturgia ritual gardneriana, instrui aos wiccanos para a prática ritual com nudez. Gardner passou vários anos na Índia, e pode ter pego o conceito dos jainistas digambara, uma seita religiosa na qual os monges não poderiam usar roupas.

 Redação editora N

Equipe OS NATURISTAS

Licença de atribuição Creative Commons

Quer ler mais artigos como este?, faça sua assinatura, clicando aqui,  e tenha acesso a todo conteúdo exclusivo, pague com sua conta do PayPal ou PagSeguro ou faça um PIX

Ajude o Portal OS NATURISTAS a trazer mais conteúdo de qualidade para todos!